Sobre o AMOR



O amor estava em busca da sua total realização..

Faz muitas tentativas diretas para poder penetrar no coração das pessoas, mas elas não davam a ele esta oportunidade.

Assim, um certo dia ele resolveu ficar na beira de um rio, esperando uma oportunidade para atuar, pois para ele alguém deveria ser o seu alicerce até chegar ao seu topo (DEUS).


Depois de muita espera ele viu a RIQUEZA vindo num lindo barco e imediatamente exclamou:


- Riqueza, leve-me com você?


A Riqueza respondeu-lhe que estava com o limite de seu barco lotado, que as mais belas pedras preciosas desejadas pelas pessoas já estavam com ela, e nada mais ele tinha a desejar senão desfrutar de tudo o que já transportava.


O AMOR ficou entristecido, mas continuou em busca do próximo a passar...


Quando levantou os olhos estava vindo a INTELIGÊNCIA, sempre intelectual e culta; Mais rápido que um pensamento, o AMOR exclamou:


- INTELIGÊNCIA, me leve com você?


Como se o AMOR fosse uma palavra que estava em entre parenteses a INTELIGÊNCIA fez um ar de quem não estava compreendendo o seu valor, mas como ainda não atingira seus objetivos intelectuais não poderia perder tempo com ELE.


Mais uma vez o AMOR recuou e continuou a sua eterna espera.


De repente parecia que o céu perdia todo o seu encanto, junto com um barco que vinha, uma sombra o acompanhava: era a TRISTEZA que palidamente removia o seu olhar para o AMOR...


- TRISTEZA! Exclamou o AMOR, dê-me uma oportunidade, deixe-me ir com você?


Como posso levá-lo comigo? No meu barco há tanta tristeza, que não há lugar para você, pois todos os meus caminhos já foram trilhados e não consigo ser feliz; Deixe-me só, assim sofrerei menos...


Sem ter tempo para contestar, o AMOR ficou perturbado, pois já estava ficando desanimado com as faltas de oportunidades a ele negadas quando um som de longe o despertou de novo.


Era a FELICIDADE que vinha em pleno riso que apenas aquele barco não era suficiente para transportá-la, fazendo com que as ondas descansassem com o ritmo das gargalhadas...


O AMOR começou a festejar, pois tinha certeza que neste barco ele entraria e seguiria a sua trilha, mas era tanta FELICIDADE que o AMOR foi desprezado, nem foi se quer percebido. A FELICIDADE transbordava pelas encostas do rio, passando sua piedade por cima DELE.


Meu Deus! Exclamou o AMOR.. só resta-me aquele barco, lá ao fundo que vem se aproximando, ser a ESPERANÇA..


E como o AMOR é sensitivo, era ela que quase caia do barco de tanto ficar na ponta tentando ver se chegava uma gota de realização até ela. De tanta ESPERANÇA que foi semeada naquele barco, o AMOR nem conseguiu sua carona. A ESPERANÇA esperava RIQUEZA, FELICIDADE e outros que, não quis saber do AMOR, pois não sabia direito qual seria a sua primeira conquista...


Para o AMOR não restava muito a esperar, começou a lembrar e sabia que a ambição, a doença, o sucesso, o egoísmo, a inveja e outros por nós tão familiares e até nossos companheiros do dia-a-dia não tinham passado ainda por ELE...


Foi no meio deste pensamento tão interrogativo, que veio um barco já gasto pelas águas, sobrevivente de tantas tempestades, com muitas pedras superadas no caminho, e mesmo assim ainda resistia ao seu objetivo. Com toda sua calma e tranquilidade, um velho com fortes traços em sua face olhou para o AMOR e lhe disse:


- AMOR, vem que eu levo você!


O AMOR já nem sabia como agradecer, pulou para dentro do barco e antes que alguém lhe tirasse de lá ficou meio quieto, esperando a hora certa para manifestar-se, o que importava era a oportunidade...


Se passou as horas necessárias para o trajeto e o AMOR chegou ao topo, agradeceu a carona para o VELHO, o qual ficou por longo tempo a olhar para ele, como se estivesse contemplando-o.


Quando o barco sumiu no rio o AMOR lembrou que não havia perguntado o nome do bondoso VELHO que o transportou. Foi então até a SABEDORIA e disse:


-Você poderia dizer-me quem era aquele SENHOR que me deu esta oportunidade?


-Você não conhece? Indagou a SABEDORIA.


- Ele é o TEMPO...


Conclusão:


Somente o TEMPO foi capaz de valorizar o AMOR. Somente ele conseguiu passar por todos os estágios que a vida nos contempla, e a intensidade de um AMOR, a grandiosidade, a valorização desse amor é o TEMPO que irá reconhecer...


Feliz dia dos Namorados! ♥



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo